Profissional de computação, amante das letras (tanto na leitura quanto na escrita), pseudo-violonista do lar, por diversão, e atleta de fim-de-ano (nem de fim de semana dá pra dizer que sou). Amante de cultura, mesmo quando não a entendo muito bem. Um cara eclético, entre o alternativo e o pop (do tipo “o lado B das bandas famosas ou o lado A das bandas desconhecidas”).

Busco a medida equilibrada entre a inquietação, obstinação e determinação pelas coisas que desejo e a preguiça que me assola. Uma mistura tão complicada que faz com que eu me comprometa com muitas coisas e execute muito poucas. No fim, acabo abstraindo alguma coisa de tudo. Quase sempre, quando realmente quero, acabo conseguindo. Claro que isso vale mais quando envolve força de vontade ou coisas para as quais tenho algum talento. Por exemplo, consegui passar no vestibular, consigo emagrecer (quando me determino a isso), mas nunca me tornei um bom músico (talvez por falta de empenho, mas enfim).

Sou sensível, sereno, paciente e sentimentalóide. Típico “Canceriano sem lar”. Carente e caseiro por natureza, como dita o signo, embora adore viajar, conhecer novos lugares e culturas. Conhecer pessoas é mais difícil, pois sou pouco sociável (por falta de habilidade, não por qualquer revelia às pessoas). Uma personalidade que às vezes faz com que eu me sinta só, mesmo tendo muito carinho das pessoas que amo. Como causa ou consequência disso, a baixa auto-estima e a busca incessante e desnecessária (e até idiota) por uma auto-afirmação e aceitação alheia. Mas já vivi e aprendi o suficiente pra criticar e, quem sabe um dia, aceite bem as críticas também.

Não sou carismático e acho injusto quando exigem isso de alguém. Muitos se deixem julgar pela primeira impressão e confundem o tímido com o chato. Mas quem me conhece bem, sabe que sou prestativo e bom amigo. Nem sempre justo, mais por vacilo que por intenção.

Em suma, de tudo que sou, pouco se pode garantir, pois acima de tudo, sou uma metamorfose ambulante. Acho a convicção um defeito grave. Já não concordo com o último que fala comigo, necessariamente, mas sou capaz de mudar de opinião se me mostrarem bons argumentos.

Apesar da característica mutante, tenho minhas aspirações e ambições. Hoje, num emprego estável, busco crescer profissionalmente, sem porém jamais abandonar as pequenas grandes coisas da vida. Quero me casar (e estou próximo disso) e curtir minha concha (o sonho de todo canceriano), ao lado de minha amada e meus futuros Andinhos e Simoninhas.

“O retirante explica a que veio e para onde vai”

Das coisas inatas

“Qual é te nome, qual é teu signo…”

  • Nome: Anderson Canale Garcia
  • Data de nascimento: 04/07/1980
  • Naturalidade: Campinas/SP
  • Signo: câncer
  • Time: Corinthians

Das coisas que vivo

“Aonde você mora, aonde você foi morar…”

  • Cidade: São Carlos
  • Estado civil: Casado
  • Meu amor: Simone

Das coisas virtuais

“Quem mexe com a internet fica bom em quase tudo…”

  • Nick: Ândi
  • E-mail: anderson@mondoredondo.com.br
  • ICQ: 49539691
  • MSN: andersoncgarcia@hotmail.com
  • Yahoo: andersoncgarcia@yahoo.com.br
  • GMail: andersongarcia@gmail.com

Das coisas que faço

“Nem sempre faço o que é melhor pra mim
Mas nunca faço o que eu não tô afim…”

  • Formação acadêmica: Bacharel em Informática
  • Instituição: USP São Carlos – ICMC
  • Profissão: Analista de Sistemas
  • Instituição: USP São Carlos
  • Unidade: Centro de Informática (CISC)

Das coisas que tenho

“O que eu quero eu não tenho
O que não tenho eu quero ter
Não posso ter o que eu quero
E acho que isso não tem nada a ver…”

Das coisas que gosto

“Eu gosto de sentir a minha língua roçar a língua de Luís de Camões
Eu gosto de ser e de estar, e quero me dedicar a criar confusões de prosódia
E uma profusão de paródias que encurtem dores e furtem cores como camaleões”

  • Cor: azul
  • Vício: Fifa Soccer (jogo de computador)

Livros que indico:

  • 1984 e Revolução dos Bichos (Animal Farm), de George Orwell
  • Admirável Mundo Novo (Brave New World), de Aldous Huxley
  • O Pequeno Príncipe (Le Petit Prince), de Antoine de Saint-Exupéry
  • Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto
  • O Sofrimento do Jovem Werther, de Goethe
  • O Mundo de Sofia, de Jostein Gaarder
  • O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams

Filmes que indico:

  • Com Mérito
  • O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain
  • Encontrando Forester
  • À Espera de um Milagre
  • Laranja Mecânica
  • Os Goonies

Coisas que sempre vou ouvir:

  • Legião Urbana
  • Engenheiros do Hawaii
  • The Beatles
  • Zeca Baleiro
  • Radiohead
  • Pato Fú
  • Chico Buarque
  • Chico Science
  • Rock BR 80s

Coisas que ando ouvindo muito:

  • Los Hermanos
  • Mombojó
  • Nando Reis
  • Cordel do Fogo Encantado
  • Mundo Livre S/A
  • Interpol
  • Weezer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *