Dica: siga os links para entender melhor.

É incrível a proliferação e contribuição dos feeds para a Web, já rumando para os conceitos de Web 3.0.

Quem tem o costume de abrir várias vezes ao dia os mesmos portais e ir sempre nas mesmas seções verificar se há alguma notícia nova, se ainda não usa um bom leitor (agregador) de feeds, deveria considerar a hipótese. Existem muitos. Um que indico é o Google Reader. Não sei se é o melhor, se é o mais prático, mas eu gosto de utilizar as coisas da Google. São sempre mais fáceis de integrar umas com as outras. Embora agora os Web services. tenhamo tornado quase tudo integrável. O que é outra maravilha.

Nota: não sabe o que são feeds mas sabe o que é RSS? Pois RSS é a forma mais popular para feeds. Outra é Atom. Todas são escritas em XML. Clique aqui e entenda.

Vou usar este blog como exemplo. Na coluna da direita há vários exemplos de utilização dos feeds e Web services.

  • O widget do Twitter que exibe meus últimos tweets.
  • A playlist que traz do Last.fm as últimas músicas que ouvi, e aqui cabe ressaltar que a lista é gerada automaticamente do que ouço no Winamp (the best player forever).
  • Os últimos posts nos blogs que sigo, as últimas notícias relacionadas ao Corinthians e à cidade de São Carlos, dos sites que selecionei, tudo agregado via Google Reader e exibido aqui via plugin do WordPress.

Eu acho tudo isso uma maravilha. Assim, ao invés de precisar sair caçando as notícias que me interessam, posso apenas abrir meu próprio blog e ter tudo à disposição.

Mas claro que não é preciso ter um blog para isso. O próprio Google Reader gera o que é chamado de blogroll, com as notícias das fontes selecionadas. Ou você pode configurar o iGoogle (uma espécie de página personalizada do Google) como página inicial do seu navegador. Ou receber tudo no seu cliente de e-mail. Ou no seu Twitter. Ou no Facebook… Ou…

Esse é o barato. Tudo é integrável. Você escolhe como quer ler.

anderson

2 Responses to “Strawberry Feeds Forever”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *