Eu não entendo nada de recrutamento e seleção. Não é minha área. Sou da área de TI, e disso entendo alguma coisa. Então posso dizer: essa estratégia vencida de procurar profissionais capacitados através de anúncios superficiais de vagas, sem citar o nome da possível contratante, e sem dar pelo menos uma idéia dos valores oferecidos, só vai servir para atrair profissionais despreparados, isso se não afugentá-los com a extensa lista de requisitos mínimos.

A realidade do mercado de trabalho no Brasil hoje é diferente. Principalmente em TI. Vocês não vão encontrar bons profissionais desesperados por uma oferta de emprego. Os bons estão muito bem empregados. Os regulares também estão bem empregados. Até os ruins estão! Só os definitivamente incapacitados é que não conseguem um emprego na área, isso quando a empresa não se propõe a oferecer o treinamento necessário.

Então, pessoal de RH, é bom reverem essa abordagem. Porque duvido que algum colega de profissão se interesse por uma vaga genérica que nem tem coragem de divulgar os valores que oferecerão. Agora, de repente, se for para ganhar X bolinha dinheiros para trabalhar com Home Office, ou Beach Office em Floripa, por exemplo, até o cara que está razoavelmente bem empregado pode se animar.

anderson

3 Responses to “Uma dica para o pessoal de RH”

  1. Ah, os RH’s… São um setor a parte de qq empresa!
    As entrevistas são demais também: Se vc usa um sapato claro é pq tem baixa auto-estima, se cruza a perna, vc é psicótico…
    Adorei o texto!

    • É outra coisa que eles precisam repensar sobre o pessoal de TI. Não necessariamente o cara sem muito tato pessoal é um mau negócio para a empresa. Pelo contrário.. rs

      Valeu a visita. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *